ANIMAL LIBERATION FRONT

Pense Nisso

"A vida é valor absoluto. Não existe vida menor ou maior, inferior ou superior. Engana-se quem mata ou subjuga um animal por julgá-lo um ser inferior. Diante da consciência que abriga a essência da vida, o crime é o mesmo."

(Olympia Salete )

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

LINHA VERDE, DENUNCIE MAUS TRATOS A ANIMAIS

DENUNCIE MAUS TRATOS


LINHA VERDE
0800-61-8080

MAUS TRATOS A QUALQUER ANIMAL E MAIS

  • RODEIOS
  • TOURADAS
  • CIRCO COM ANIMAIS
  • CARROÇAS
  • ETC

NÃO SE CALE, ESTAS VÍTIMAS NÃO TEM VOZ PARA PEDIR SOCORRO E PRECISAM DA SUA!






EMPRESAS QUE NÃO TESTAM EM ANIMAIS

VAMOS CONFERIR ALGUMAS?


Abelha Rainha (cosméticos)

Marcas: Abelha Rainha


Adcos (cosméticos)

Marcas: Adcos


Afro Nature (cosméticos e tintura)

Marcas: Afro Nature, Keraseal, Nature Color, PHC, Semi di Lino, Top Fruit


Ag Fragrâncias (cosméticos)

Marcas: Ag


Água de Cheiro (cosméticos)

Marcas: Água de Cheiro


Anaconda (cosméticos)

Marcas: Anaconda


Atol (produtos de limpeza)

Marcas: Atol


Bio Extratus (cosméticos)

Marcas: Bio Extratus


Class (cosméticos e tintura)

Marcas: Bigen, Care Liss, Charming, Essenza e Lightner


Contém 1g (cosméticos)

Marcas: Contém 1g


Cosinter (cosméticos)

Marcas: Red Aple, Maxi Belle, Maxi Trat


Davene (cosméticos)

Marcas: Davene, Sun Block


Driss (cosméticos)

Marcas: Driss, Empório Bothânico


Embelleze (cosméticos)

Marcas: Afro Hair, Amaci Hair, Fleury, Frizzy Hair, Hair Life, Hannaya, Henê, Idealist, Indian Hair, Lisa Hair, Maxton, Natucor, Novex, Selise, Sempre Bella, Stillus, Super Relax, Toin, Urban Hair, Yes Color, Young Hair


Farmaervas (cosméticos)

Marcas: Farmaervas, Celulan, Toltal Block, Tracta


Granado (cosméticos, bebês, pets)

Marcas: Granado


Guabi (ração para cães e gatos)

Marcas: Biriba, Faro, Fiel, Herói, Natural, Sabor e Vida, Cat Meal, Top Cat, Limpi Cat


Impala (cosméticos)

Marcas: Impala


Max Love (cosméticos)

Marcas: Max Love


Nasha (cosméticos)

Marcas: Elke, Giovanna Baby, Phytoervas


Natura (cosméticos)

Marcas: Natura


Nazca (cosméticos e tintura)

Marcas: Acqua Kids, Maxi Color, Maxi Liss, Origem, Plusline, Ravor, Sphere


Niasi (cosméticos e tintura)

Marcas: Biocolor, Biorene, Risqué


OX (cosméticos)

Marcas: Ox


Vita-a (cosméticos e tintura)

Marcas: Fio & Ton, Guanidina, Keraflex, Nippon, Omega Plus, Texture, Vita-a


Yamá (cosméticos e tintura)

Marcas: Depil Mist, Fragê, Yamá, Yamafix, Yamasterol


Ypê (produtos de limpeza)

Marcas: Holos, Ypê, Tixan


Amway (suple. vitamínicos, cosméticos, produtos de limpeza) -

Marcas: Anticipate, Artistray, Body Series, Defiance, Glister, Occasion, Wiser, Nutrilite


Herbalife (suplementos, vitaminas, controladores de peso, cosméticos)

Marcas: Herbalife


VEJA A LISTA COMPLETA AQUI:

PEA - PROJETO ESPERANÇA ANIMAL


http://www.pea.org.br/crueldade/testes/naotestam.htm






AVON CONFIRMA TESTES EM ANIMAIS.

Recebi o comunicado da Peta Sobre a AVON testar em animais, para entrar no mercado da China.

Entrei en contato com eles informando que não consumo mais seus produtos além de informar a outra pessoas o que para mim é uma forma de propaganda enganosa a respeito de que não testam em animais, mas testam.

A AVON me enviou um e-mail informando que há 20 anos não testam mais em animais "no Brasil" e me orientaram em caso de dúvida ligar parar o 0800 708 2866.

A PETA é um instituição muito respeitada e mantém um pente fino nestas informações repassadas, daí resolvi ligar para o 0800 da empresa AVON.


Fui atendida pela funcionária que cofirmou os TESTES EM ANIMAIS NO MERCADO DA CHINA, mas repetiu umas 4 vezes que no Brasil estes testes não são realizados. Em vão tentei expor a ela que não me interessa se fazem lá e não fazem aqui se tratando que a AVON DE LÁ E CÁ É A MESMA EMPRESA.


Mas como assim? Testam lá e não testam aqui. E afirmam que não testam!!! E os testes na China? NÃO É A MESMA EMPRESA AVON, OU ESTÃO ME CHAMANDO DE BURRA?

Repeti meu descontentamento e mantive minha opinião que além de não mais usar ainda vou indicar para que não usem. Porque na minha opinião é muita falta de caráter de uma empresa sacrificar os animais somente para vender em determinado local. Pior ainda é testar lá e não testar aqui, pra mim não é a filosofia da liberação animal que eles incorporam e sim a FOME DE VENDER.


A
funcionária se manteve firme em afirmar que eles precisam testar em animais para poder vender os produtos por lá e eu me mantive firme que não uso mais tais produtos que para mim estão usando a propaganda enganosa de não testar em animais.


Então é assim que fica? Não testam aqui pra conquistar publico e testam lá com o memo objetivo. Falta de ideonidade empresarial, na minha opinião.

Tem muitas empresas que não entram no mercado chines porque se negam quebrar sua idoneidade. Pra mim ou testa ou não testa, não pode é ficar nesse joguinho pra enganar consumidores.

Acompanhem a reportagem aqui:

http://eco4planet.com/blog/2011/11/avon-confirma-testar-cosmeticos-em-animais-apos-alerta-do-peta/




sábado, 26 de novembro de 2011

Natal chegando Fiquem espertos! Bicho Não é Brinquedo


... é isso aí gente! Com a chegada do Natal muita gente dá como presentes animais!!!
Depois perde a graça e o drama se repete! Gatos, cachorros, Coelhos ABANDONADOS!!!

VAMOS FICAR ESPERTOS!!!!

EDUCAR AS CRIANÇAS PARA SEREM PESSOAS DE BEM!!!

NO NATAL LEMBRE-SE

ANIMAL É VIDA E VIDA NÃO É BRINQUEDO!!!!

Filosofia Canina

FILOSOFIA CANINA

1- Se eu gostar, é meu

2- Se estiver na minha boca, é meu

3- Se eu posso tirar de você, é meu

4- Se estava comigo até agora a pouco, é meu

5- Se for meu, nunca vai ser seu

6- Se existem brinquedos, eles são todos meus

7- Se eu morder, e se partir, todos os pedaços são meus

8- Se parecer meu, é meu

9- Se eu tiver visto primeiro, é meu

10- Se você estiver brincando com alguma coisa e cair no chão, automaticamente, será meu

11- Se eu pensar que é meu, é meu

12- Se estiver quebrado, é seu, quando consertar será meu de novo.

13- Se for suas meias, serão minhas meias. Se eu pega-las nunca mais irá calça-las.

Meu Cão Velinho - Divulgação

O que significa ser idoso?

Falamos em cães idosos, ou velhinhos, mas o que significa ser idoso? Se procurarmos no dicionário, veremos que idoso é aquele que tem “muita idade”, ou “muitos anos”. O grande problema é sabermos quando um indivíduo – seja um cão, um gato, ou um ser humano – já acumulou o que possa ser considerado “muitos anos”...

leia mais!!!

http://www.meucaovelhinho.com.br/destaque/o-que-significa-ser-idoso-





Visitem este blog e conheça tudo sobre seus velinhos.

http://www.meucaovelhinho.com.br/


Curtam também a página no face

http://www.facebook.com/pages/Meu-C%C3%A3o-Velhinho/226446664084980

Ringo e José Carlos - Uma Amizade Por Toda Eternidade

Hoje vou mostrar para vocês uma homenagem de José Carlos e seu fiel amigo Ringo.
Uma amizade que durou 20 anos.
Ringo virou estrelinha, mas estará sempre presente no coração de José Carlos.
Nessas doces lembranças também há falta e saudade eterna. Um sentimento de vazio fica e só poderá ser compreendido por quem um dia amou imensamente.

- RINGO TINHA UM OLHAR QUE ME DECIFRAVA, UM AMIGO INCONDICIONAL. AQUELA PRESENÇA, MESMO SILENCIOSA, ME AQUECIA E ME CONFORTAVA, E SEU OLHAR ELOQUENTE ERA UM BOM CONSELHEIRO. ELE ME FAZIA PERCEBER QUE MUITAS VEZES ERA ISSO QUE BASTAVA, ERA ISSO QUE NÓS PROCURAVAMOS, ESSE ESTAR BEM, SINCERO, SEM BARULHO, SEM EXAGEROS... NUNCA VOU APAGAR DO MEU CORAÇÃO OS MARAVILHOSOS MOMENTOS EM QUE PASSAMOS JUNTOS.
TE AMO PRA SEMPRE!!!!!!!! FICA COM DEUS MEU AMOR...
José Carlos

desligue o player ao lado para ouvir o vídeo.




Ringo cada dia que passa sinto mais saudades de vc, esperando um milagre de deus, quem sabe vc volte pra mim, sei que esta em evoluçao, mas a saudade é tao grande que deus vai me dar esse presente, vc foi e sempre sera meu amigo fiel de todas as horas, eternamente... José Carlos

conheça mais desta história no blog Meu Cão Velinho
http://www.meucaovelhinho.com.br/a-ponte-do-arco-iris/jos%C3%A9-carlos-e-seu-amigo-ringo

A este lindo e grande amor eu presto minha homenagem.
Rogando a espiritualidade que dê a estes corações um reencontro!
Antonieta lima

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

#LeiLobo


http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N16665

ASSINE!!! VAMOS ACABAR COM ESTAS MORTES E OUTROS MAU TRATOS!!!


Na terça-feira dia15, morreu o rottweiler Lobo, que foi arrastado pelo carro do próprio dono em Piracicaba. (160 km de São Paulo).

A ONG Vira-Lata Vira-Vida, infomou que Lobo morreu por "complicações no quadro clínico"

Lobo, como outros são vítimas silenciosas de uma violência bárbara e com leve punição, isso quando ela acontece.

Lobo é mais uma estrela no céu, mais uma vítima inocente que nada fez para merecer este triste fim. Existem muitos outros sofrendo todos os dias.

Está na hora de criar uma nova consciência. Está na hora de dar um basta!

CHEGA DE VIOLÊNCIA CONTRA NOSSOS ANIMAIS!!!


MAIS UM MOTIVO PARA CONTINUARMOS NOSSA LUTA EM BUSCA DE UMA PUNIÇÃO MAIS SEVERA PARA QUEM COMETE ESTE TIPO DE CRIME CONTRA NOSSOS ANIMAIS!



terça-feira, 1 de novembro de 2011

SOLIDÃO CANINA - REPASSANDO DE LUCIANA FLORENCE


Solidão canina: saiba como evitar ou acabar com o sofrimento da ansiedade por separação

POR
Luciana Florence

FONTE http://colunas.criativa.globo.com/bicharada/2011/09/29/solidao-canina-como-acabar-com-o-sofrimento-da-ansiedade-por-separacao/

Nós já contamos aqui no bicharada sobre um estudo que revelou trauma em cães que ficam sozinhos em casa. Isso mesmo, os cachorros também sofrem com a solidão e, muitas vezes, essa agonia é tão grande que o sofrimento atinge toda a família. Mas a boa notícia é que a ansiedade por separação, como é chamada, tem solução.

Segundo Thaiene Onozato, adestradora e especialista em comportamento canino, a ansiedade por separação pode atingir diversos níveis e pode ser tratada em todos eles. “Há casos mais leves em que o cão fica agitado quando percebe que o dono vai sair e até os mais extremos como cachorros que saltam varandas e janelas para ir atrás do tutor”, diz.

Mas como saber se o seu amigo peludo sofre desse mal? A resposta é simples: fique atento aos sinais que ele passa para você. Seu cachorro pode apresentar apenas um desses comportamentos ou vários. Confira as dicas da adestradora.

1. Trocar de roupa, pegar a bolsa e as chaves do carro podem ser atitudes normais para você, mas para um cão que sofre de ansiedade por separação já é motivo de nervosismo e agitação. Fique atento se ele mostra nervosismo nessa hora.

2. Latir, uivar ou chorar insistentemente quando está sozinho (em geral, a família só toma conhecimento do fato por reclamações e comentários dos vizinhos) também é um sinal.

3. Ele apresenta comportamentos destrutivos como arranhar as portas, destruir objetos da casa, comer sapatos, quando fica sozinho em casa? Se a resposta for sim, então ele pode estar sofrendo desse mal.

4. O cão também pode apresentar excesso de salivação.

5. Ele não come, não bebe água nem vai ao banheiro quando fica sozinho e só tem ânimo para essas atividades quando o dono retorna.

6. A automutilação – lamber as patinhas, ou outras partes do corpo até formar feridas – também é um sintoma de ansiedade por separação.

Agora que você já sabe identificar se o seu companheiro querido sobre de ansiedade por separação, que tal conhecer algumas dicas para prevenir ou melhorar esse problema?

1. É preciso adaptar o seu cachorro a ficar sozinho desde filhote quando ele chega em seu novo lar.

2. O cão filhote ou adulto precisa ser exposto a vários intervalos pequenos (em média 5 minutos) sem o dono. O tempo deve ser aumentado progressivamente, comece com 2 minutos, passe para 5, volte para 3, depois 6. O importante é que esse tempo não seja regular, quanto mais variação melhor. Não dê ao cachorro saudações prolongadas ao retornar. Quando voltar para o local onde ele ficou sozinho, ignore-o completamente (mesmo que ele dê umas lambidas ou empurre a sua mão pedindo carinho). Nesse momento vá tomar um copo d’agua e depois volte para cumprimentá-lo. É importante tirar o cão de seu estado de excitação, ele precisa ficar calmo e tranquilo e ignorando-o isso deverá acontecer.

3. Castigos ou punições físicas só pioram a ansiedade, por isso não são recomendados como tratamento para tratar esse mal.

4. Deixe brinquedos para seu cão durante a sua ausência. Pode ser uma bolinha para ele perseguir ou outro objeto que ele goste de brincar.

5. Outra opção, para quem tem tempo, é caminhar com seu cão antes de se ausentar, assim ele vai estar mais calmo quando você sair.

AGORA, AQUI VAI UMA DICA DAS PATINHAS: É SEMPRE BOM CONSULTAR UM VETERINÁRIO.

BUSCAR INFORMAÇÃO E TER CUIDADO COM NOSSO AMIGO RABUDO É A MELHOR FORMA DE TRATAR BEM A QUEM NOS DÁ AMOR, RESPEITO E LEALDADE

LAMBIJOKAS A TODOS.


sábado, 29 de outubro de 2011

Coleiras Vermelhas - WSPA

Coleiras Vermelhas: Diga não à Crueldade na luta contra a Raiva.

Vinte milhões de cães como este são brutalmente mortos a cada ano; ou seja, 38 cães a cada minuto. Um dos principais motivos desta crueldade é o medo da Raiva. Só que matar cães não ajuda a conter a doença.

Os cães são exterminados das formas mais terríveis, como envenenamento, intoxicação por gás, estrangulamento e eletrocussão, agonizando por minutos, ou mesmo horas, antes de morrer. Tais crueldades são motivadas por um medo real, mas o mais chocante em toda esta tragédia é o fato de que essas mortes são completamente desnecessárias.

Já está cientificamente comprovado que somente a vacinação de cães e gatos pode frear a doença no longo prazo. A compaixão produz resultados. A crueldade apenas mata os animais, mas não impede a propagação da Raiva.

A WSPA apela aos governantes de todo o mundo para que deem um fim à matança indiscriminada de cães, substituindo-a por campanhas de vacinação antirrábica eficazes.

Apoie a nossa campanha na luta contra a Raiva. Junte-se agora à passeata virtual!

Leia o Relatório de estudo de caso da Campanha Coleiras Vermelhas. >>

fonte>>>

http://www.wspabrasil.org/red-collar/

PULGAS E CARRAPATOS - PELO SITE ARCA BRASIL

Janeiro de 2008 - "Série 5+": Pulgas e Carrapatos

Elas não são inofensivas
A pulga leva mais animais ao hospital veterinário do que se imagina. Saiba como afastar esses parasitas de difícil controle

No pensamento popular, é normal um cachorro ou um gato terem pulgas. Mas o sofrimento que esses insetos podem causar aos animais, entre coceiras, feridas graves e doenças é muito maior do que se imagina.

Na terceira reportagem da série exclusiva da ARCA Brasil descubra por que as doenças alérgicas por picada de ectoparasitas (pulgas) estão em segundo lugar nos atendimentos do Hospital Veterinário Anhembi Morumbi e são presença constante nas clínicas do país. E, principalmente, saiba como evitar que o seu animal passe por isso, já que usar as unhas ou produtos veterinários sem orientação não atingirá nem 5% da população desse parasita em sua casa.

Acompanhe esta série de matérias que está chamando a atenção da grande mídia (revista Cláudia e do portal G1).

De acordo com Peter Ihrke, pesquisador e veterinário especialista em dermatologia da Universidade da Califórnia, entre 50 e 80% das manifestações de pele que atingem os cães são causadas por picadas de pulgas (seu estudo não mostra uma estimativa para gatos, mas pressupõe um número parecido)¹. No Brasil, essas reações alérgicas recebem o nome de Dermatite Alérgica a Picada de Pulga (DAPP) e são conhecidas, também, como Dermatite Miliar quando se manifestam nos gatos. A alergia não é provocada somente pela picada, mas (pasmem!) pelo contato da saliva da pulga com a pele do mascote.

Nos cães a DAPP pode ser reconhecida pela queda acentuada de pêlo e vermelhidão na região dorsal próxima à cauda, região conhecida como triângulo da DAPP e nos felinos principalmente na área do pescoço (veja a ilustração), seguidas sempre por intensa coceira. Segundo Maria Estrela Felício, Veterinária Solidária, o animal tem que ser levado ao veterinário assim que percebida a irritação. “Essas lesões tendem a piorar rapidamente por causa da coceira que a alergia desencadeia.”, explica ela e enfatiza que a demora do proprietário pode trazer mais complicações. “As feridas e crostas vão aumentando e podem levar a uma Piodermite grave (infecção de pele), cujo tratamento é bem mais complicado que a DAPP”, completa a veterinária. Além da coceira, pode haver lesões por todo o corpo, com áreas de vermelhidão até feridas úmidas com crostas e a presença de sangue e pus.

Dra. Felício revela que no verão chega a receber casos diários de DAPP e Dermatite Miliar em sua clínica. Isso acontece porque o calor acelera o ciclo de crescimento da pulga, que se torna adulta mais rápido.

Uma multidão invisível
A atitude mais comum do proprietário ao constatar que o seu animal está com o parasita é dar um banho anti-pulgas em casa ou em um pet shop e aplicar produtos tópicos que matam o inseto (entre eles talcos e sprays). “Essas medidas protegem apenas temporariamente, pois atingirão apenas as pulgas presentes no animal. Se a casa estiver infestada, o cão ou gato serão novamente parasitados assim que os produtos perderem o efeito e apresentarão os sintomas desta alergia tão comum”*, explica Rosângela Ribeiro, responsável técnica da ARCA Brasil e professora de Parasitologia Veterinária.

Prevenir esses problemas significa manter as pulgas longe. Ações de higiene básica como banhos regulares e espaços limpos podem contribuir para esse objetivo. Rosângela diz que qualquer residência está sujeita a uma infestação de pulgas: “Basta a presença de uma fêmea fecundada para que sejam colocados cerca de 20 ovos diariamente até o final do seu ciclo de vida”. Segundo a médica, esses parasitas são um exército invisível, pois, além de terem tamanho microscópico, são resistentes a baixas temperaturas, sensíveis à luz e se escondem em fendas nos pisos, sofás, carpetes, ninhos e locais de descanso dos animais durante a maior parte do ciclo de vida.

Apenas quando estão na fase adulta passam a residir nos animais e a se alimentar do sangue deles. “Apenas 5% das pulgas se instalam nos cães ou gatos, o restante está espalhado pelo meio ambiente, na fase do ovo, da larva ou da pupa” (confira o diagrama), completa . De acordo com ela, a pulga adulta pode permanecer até 6 meses sem alimento. “O controle do ambiente é fundamental e deve ser um dos focos principais para manter esses insetos afastados. Enquanto estiver sendo picado, o cão alérgico continuará sofrendo e se mutilando de tanto se coçar, assim como um ser humano que sofre de processos alérgicos”, enfatiza a médica. Ela lembra que, muitas vezes, a infestação também pode se estender ao vizinho e precisa ser controlada nos dois locais.

A Veterinária Solidária Ana Segalla, de Bauru, SP, alerta para os cuidados na hora de combater os insetos que estão dentro de casa ou no quintal: “A maioria dos produtos destinados para este fim são veneno e não devem nunca ser passados no animal. Aliás o cão ou gato deve ser retirado enquanto o produto é aplicado e deve voltar apenas quando tudo estiver seco”. A médica recomenda sempre a orientação de um veterinário antes do uso de qualquer substância e alerta que em casas com terra o controle é bem mais difícil.

* As empresas Amigas dos Animais e da ARCA Brasil Centagro e Duprat fabricam sabonetes, shampoos e sprays com efeito residual preventivo. Também existem no mercado produtos que agem pelo contato (spot-on) de maior duração. Produtos com efeito residual podem, eventualmente, acabar com a infestação por efeito indireto, quando usados por mais de um ano. Consulte sempre o seu veterinário antes de usar qualquer produto.

¹ J. Ihrke, Peter. Distinguishing Between Allergies. Department of Medicine & Epidemiology, School of Veterinary Medicine University of California, Davis, California, U.S.A. 2007.



1. Doenças infectocontagiosas, como cinomose e parvovirose;

Leia a reportagem "Só uma Picadinha"

2. Doenças alérgicas por picadas de ectoparasitas (pulgas);
Mais informações na matéria "Inofensivas?"

3. Obesidade e doenças do metabolismo (diabetes, hiperlipidemias);
Conheça os detalhes sobre este assunto no texto "De olho na silhueta"

4. Aparecimento ou agravamento de problemas articulares pré-existentes, como displasias e artroses degenerativas;
Entenda mais com a reportagem "Deixando as escadas de lado"

5. Traumas por atropelamentos ou brigas;
Confira a matéria "Curativos, talas, pinos..."

LINK>>> http://www.arcabrasil.org.br/noticias/0801_dapp.html

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

TERRÁQUEOS (Earthlings)

TERRÁQUEOS (Earthlings) é um filme-documentário sobre a absoluta dependência da humanidade em relação aos animais (para estimação, alimentação, vestuário, diversão e desenvolvimento científico), mas também ilustra nosso completo desrespeito para com os assim chamados "provedores não-humanos".

Este filme é narrado por Joaquin Phoenix (GLADIADOR) e possui trilha sonora composta pelo instrumentista, dj e compositor Moby. Com um profundo estudo dentro das pet-shops, criatórios de filhotes e abrigos de animais, bem como em fazendas industriais, no comércio de couro e peles, indústria de esporte e entreterimento, e finalmente na carreira médica e científica, TERRÁQUEOS usa câmeras escondidas e filmagens inéditas para narrar as práticas diárias de algumas das maiores indústrias do mundo, as quais dependem de animais para lucrar.

Impactante, informativo e provocando reflexões, TERRÁQUEOS é de longe o mais completo documentário jamais produzido sobre a conexão entre natureza, animais, e interesses econômicos. Há vários filmes importantes sobre os direitos dos animais, mas este supera os demais.

TERRÁQUEOS tem que ser assistido. Altamente recomendado!


http://www.terraqueos.org/

INSTITUTO NINA ROSA - SALVAR FAZ BEM, EVOLUIR TAMBÉM!

Educação em Valores

Imprimir

O Instituto Nina Rosa é uma ONG de trabalho voluntário, sem fins lucrativos, voltada à Educação em Valores. Tem como base fundamental o respeito para com o reino animal e, como conseqüência, a ampliação da consciência humana.

A Educação em Valores prepara o indivíduo para uma vida mais integral, pacífica e solidária.

Ao mesmo tempo beneficia diretamente os animais, cujos direitos passam a ser conhecidos, com encorajamento do respeito e do sentido de responsabilidade que lhes são devidos. Deve-se iniciar em tenra idade, por meio do exemplo e continuar no ensino formal, inspirando, apoiando e valorizando sentimentos de compaixão, ética e solidariedade.

Estudos do FBI mostram que a violência contra animais funciona como um “primeiro degrau” para futuras violências contra humanos. Quase todos os assassinos em série têm em sua história a prática de maus-tratos a animais. http://www.humanesociety.org/assets/pdfs/abuse/ndaa-animal-abuse-summary-2-28-06-_2_.pdf

Segundo pesquisas, a violência cometida contra animais, quando feita ou mesmo assistida por crianças, tem conseqüências psicológicas trágicas, marcando-as por toda a vida. Por outro lado, o afeto que os animais inspiram, quando incentivado, pode despertar no indivíduo sentimentos de amor, zelo e positiva auto-estima.

Entende-se que a inclusão do tema dos animais no currículo escolar estimula o desenvolvimento moral, espiritual e pessoal de cada indivíduo, traz benefícios à comunidade escolar e aumenta as oportunidades de aprendizagem em diferentes áreas do currículo. (IAHAIO/2001 – Associação Internacional das Organizações de Interação Homem-Animal)

O Instituto Nina Rosa não recolhe animais e nem mantém abrigo. Acredita que a educação e o exemplo têm poder transformador e incentivam a responsabilidade pela natureza, pelo reino animal, e pela própria humanidade. Com esse entendimento, realiza projetos e produz material educativo. Um deles, “Fulaninho, o cão que ninguém queria”, foi adotado pelas Prefeituras de Anápolis (GO), Araraquara (SP), Araucária (PR), Arroio Grande (RS), Arujá (SP), Atibaia (SP), Barueri (SP), Bauru (SP), Belém (PA), Blumenau (SC), Brasília (DF), Caieiras (SP), Caxias (MA), Cosmópolis (SP), Cubatão (SP), Curitiba (PR), Estância Turística de São Roque (SP), Itapecerica da Serra (SP), Jandira (SP), Palmas (TO), Ponta Grossa (PR), Ponta Porá (MS), Rio Claro (SP), Rio das Ostras (RJ), Santos (SP), São Paulo (SP), Taboão da Serra (SP), Taubaté (SP), entre outras.

Em São Paulo, desde 2001, por meio das Secretarias da Saúde e de Educação do Município, mais de 200.000 crianças e adolescentes de escolas públicas municipais e estaduais já aprenderam com o material do INR , noções de como respeitar os animais, o meio ambiente e o próprio ser humano.

Solidariedade, compaixão e ética

Para a ativista Nina Rosa Jacob a evolução é um caminho sem volta. A facilidade de comunicação proporcionada pela internet, argumenta, está abrindo possibilidades, "e nossa intenção é que abra também os corações, caso contrário vamos ficando automatizados e os valores acabam esquecidos". Nina cita o Dalai Lama, para quem a compaixão é não suportar ver o sofrimento do outro. E acrescenta: "Só sofrer não adianta. Lutamos para que cada ser humano faça sua parte. Assim, de gota em gota, faz-se um grande mar. Cada vez que alguém tem uma atitude solidária isso é contagiante. Nós somos exemplo o tempo todo."

Durante o congresso, que debateu temas como a conexão entre os maus-tratos a animais e a violência contra seres humanos e alternativas para o uso de cobaias no ensino, foi lançado o documentário "Não Matarás - Os animais e os homens nos bastidores da ciência". O filme mostra o sofrimento enfrentado por animais durante pesquisas científicas.

ESPIRITUALIDAE E REENCARNAÇÃO DOS ANIMAIS

Site Partida e Chegada.
Matéria interessante sobre espiritualidade dos animais.

FONTE: http://www.partidaechegada.com/2010/10/espiritualidade-e-reencarnacao-dos.html


21/10/2010

A ESPIRITUALIDADE E REENCARNAÇÃO DOS ANIMAIS

"Assistindo o filme "Nosso Lar" o qual muito nos faz rever as atitudes neste plano., surgiu uma dúvida. Pra onde vão nossos animais de estimação? (Maria Lúcia Camargo)
"Gostaria também de saber para onde vão nossos amados bichinhos quando fazem sua passagem".(Ana Luiza Lara) - via Facebook


Há tempos temos recebido perguntas sobre a espiritualidade dos animais.  Para tanto, empresto as ponderadas palavras do médico veterinário Marcel Benedeti, fundador da Asseama (http://www.asseama.com.br/index.html), e que teve toda sua breve vida dedicada a esclarecer as pessoas (inclusive os espíritas) sobre a necessidade de respeitar os animais, até seu falecimento no início deste ano. Benedeti publicou sete livros: "Todos os Animais Merecem o Céu"; "Todos os Animais São Nossos Irmãos"; "Animais no Mundo Espiritual", "A Espiritualidade dos Animais"; "Histórias Animais que as Pessoas Contam, Errar é Humano – Perdoar é Canino", "Os Animais Conforme o Espiritismo"; "Animais: Tudo o que Você Precisa Saber", e o último "Os Animais conforme o Espiritismo".

Sabemos que os animais têm espíritos e sentimentos e, como nós, estão passando por um processo evolutivo. Nós, buscando o aperfeiçoamento moral e espiritual; eles, evoluindo nas diversas espécies. Quanto a questão da reencarnação dos animais, no Livro dos Espíritos temos na questão 598 – A alma dos animais conserva depois da morte sua individualidade e a consciência de si mesmo? “- Sua individualidade, sim, mas não a consciência do seu eu. A vida inteligente permanece no estado latente.”

Os animais são como nós: quando morrem, também são encaminhados para a dimensão espiritual e são acolhidos por equipes que os tratam e alimentam. Isto porque Os animais são mais ligados aos hábitos alimentares que os humanos e, então, apesar de não precisarem para manter seus corpos físicos — que não possuem mais —, são alimentados.

Os animais são agrupados por afinidade, para evitar as disputas que são comuns também neste plano. Eles mal distinguem as duas dimensões. Para eles estarem aqui ou lá é a mesma coisa. Por isso, um cão que deteste gatos, ao se deparar com um deles lá, o atacaria e o outro tentaria defender-se, usando seus instintos que estão impressos no seu corpo espiritual. Se tivéssemos uma boa vidência, notaríamos, talvez, a presença de espíritos de animais à nossa volta, pois eles transitam facilmente entre as duas dimensões sem distingui-las.

Aliás, outro aspecto próprio dos animais é sua vidência. Eles são naturalmente videntes. Eles vêem espíritos de seres humanos, por exemplo, que nós mesmos veríamos com dificuldade, sem distinguir praticamente em que dimensão estão vendo. Tanto vêem a nós quanto aos espíritos que estão ‘em outras dimensões'.

Quanto à vida dos animais entre nós, cada qual tem seu roteiro de aprendizado, e, ao final de algum estágio, é necessário iniciar outro. E para atravessar para a fase seguinte, é necessário passar pela experiência da desencarnação. As situações onde haja sofrimento fazem parte de seu aprendizado ou de seus donos. Nisto não podemos interferir, assim como não o fazemos em nossa própria vida.

Mas o importante nessa dinâmica é a possibilidade de reencarnação também dos animais. Embora não tenham o livre arbítrio dos espíritos humanos, poderão amadurecer e retornar como animais mais evoluídos, com maior grau de sociabilidade. Este processo se repete sucessivamente e o espírito animal vai de estágio em estágio até se tornar próximo dos humanos, com quem aprenderá para que, em futuras encarnações, seja um ser humano, a princípio primitivo como os macacos, por exemplo.

Pode haver um lapso de talvez centenas ou milhares de anos antes que cheguem à fase de individualidade em que nos encontramos. Antes de reencarnarem, conviverão muito conosco para aprenderem como agir e como pensar da forma como pensamos. Quando se sentirem humanos, estarão prontos a estagiar em nosso meio. Inicialmente poderão reencarnar como pessoas que têm pouco desenvolvimento intelectual, podendo ser também um tanto agressivas. Alguns possuem instintos animais ainda muito aguçados, dando excessiva importância ao sexo e ao apetite. Podem ser egoístas e territorialistas.

Importante é que saibamos que eles (os animais) estão próximos e continuarão ligados a nós através do pensamento. E é justamente através de nossos sentimento que poderemos ajudá-los em sua caminhada, seja neste ou em outro plano da vida.

A partir do livro "Todos os animais merecem o Céu", Marcel Benedeti

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Perdeu seu amigo? conheça o CARA, CADÊ MEU DONO?

Visitem este site, é bem legal!

Cara, cadê meu dono?
Estou procurando meu dono, você pode me ajudar?
Cara, cadê meu dono?
Eu tenho nome, claro, mas não conto pra ninguém. ...


  • link de acesso: http://cademeudono.tumblr.com/

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Olhar Animal - Eventos de Adoção

Se não conseguir visualizar este informativo, acesse http://bit.ly/n2GTG8


EVENTOS Facebook Twitter Orkut Youtube Olhar Animal

20/09/2011
Agenda de Eventos de Adoção

39 eventos de adoção de cães e gatos (até 25 de setembro)
O Olhar Animal publica semanalmente uma relação de eventos de adoção que ocorrem em vários pontos do país. Adote! Divulgue!
Ceará


Minas Gerais

24/09  Adote um Amiguinho Fiel - Centro -  Araxá  MG

Pará

25/09  Feira de adoção da ASDEPA - Campina -  Belém  PA

Paraná

24/09  Feira de Adoção - Fazendinha -  Curitiba  PR
25/09  Feira de Adoção de Animais - Centro -  Ponta Grossa  PR
25/09  Feira de Adoção - Jd. Shangri-lá -  Londrina  PR

Rio de Janeiro

22/09  Adotar é o Bicho! - Copacabana -  Rio de Janeiro  RJ
24/09  Adote um Focinho Carente - Glória -  Rio de Janeiro  RJ

Rio Grande do Sul


São Paulo

Grande SP
24/09  Feira de Adoção União SRD 2011 - Pompéia -  São Paulo  SP
24/09  Feira de Doação de animais das CÃOPANHEIRAS - Jardim da Saúde -  São Paulo  SP
24/09  Feira de Adoção - Vila Mariana -  São Paulo  SP
24/09  Feira de Adoção Toca dos Gatinhos - Consolação -  São Paulo  SP
24/09  Feira de Doação de Cães e Gatos - Higienópolis -  São Paulo  SP
24/09  Feira Permanente de Adoção de Filhotes - Cerâmica -  S. Caetano do Sul  SP
24/09  Feiras de Adoção dos Anjos dos Bichos - Tamboré -  Barueri  SP
24/09  MIAUDOTE! Feira de Adoção do PROJETO SOS FELINOS na MOÓCA! - Alto da Moóca -  São Paulo  SP
24/09 - 25/09  Feira de Adoção APAA - Santo Amaro -  São Paulo  SP

Interior
24/09  Campanha de adoção ONG AJUDAA - Centro -  S. J. do Rio Preto  SP
24/09  Me Leva Pra Casa G1 - Jardim Nilópolis -  Campinas  SP
24/09  Me Leva Pra Casa G2 - Jardim Aurélia -  Campinas  SP
24/09  Feira de Adoção Gapa - Centro -  Indaiatuba  SP
24/09  Feira de Adoção de Animais - Jd. Maria Augusta -  Taubaté  SP
24/09  Feira Permanente de Adoção de Animais -  Jaguariúna  SP
 
Cadastrar e-mail e receber nosso informativo: http://lists.olharanimal.net/?p=subscribe
Descadastrar e-mail e não mais receber nosso informativo: http://lists.olharanimal.net/?p=unsubscribe